Quem sou eu

Minha foto

"Sou uma Bruxa (palavra com muitos significados na linguagem comum) porque uso as energias da natureza e celebro seus ciclos. Meu convívio com estas forças é forte e harmonioso visto que busco nelas as energias para me nutrir e auxiliar a quem necessitar. Minha grande Catedral é o Cosmos e ali estão todas as crenças, religiões e doutrinas que preciso para a evolução da alma. Ali coloco meu coração e recebo as energias para ser feliz. Como Wicca, meu ritual é feito ao ar livre e tenho o Céu (Cosmos) como cobertura e ali referencio a grande Mãe que somada as energias masculinas do Deus Conífero, formam, a meu ver, o equilíbrio necessário entre as forças Yin e Yang"

Selo de Hécate

Selo de Hécate

quinta-feira, 24 de maio de 2012

“A sabedoria do Gita não é para que intelectuais estéreis realizem ginásticas mentais com suas palavras para o entretenimento de dogmáticos; ao contrário, é para mostrar a um homem ou a uma mulher vivendo no mundo, chefe de familia ou renunciante, como viver uma vida equilibrada que inclua o contato real com os Deuses, seguindo os métodos, passo a passo, do yoga.”

 

 
“A mensagem atemporal da Bhagavad Gita não se refere apenas a uma batalha histórica, mas ao conflito cósmico entre o bem e o mal: a vida como uma série de batalhas entre o Espírito e a matéria, a alma e o corpo, a vida e a morte, o conhecimento e a ignorância, a saúde e a doença, a imutabilidade e a transitoriedade, o auto-controle e as tentações, a discriminação e a mente sensorial cega.”

Do livro “God Talks With Arjuna: The Bhagavad Gita” (Deus fala com Arjuna: O Bhagavad Gita) de Paramahansa Yogananda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blessed Be!