Quem sou eu

Minha foto

"Sou uma Bruxa (palavra com muitos significados na linguagem comum) porque uso as energias da natureza e celebro seus ciclos. Meu convívio com estas forças é forte e harmonioso visto que busco nelas as energias para me nutrir e auxiliar a quem necessitar. Minha grande Catedral é o Cosmos e ali estão todas as crenças, religiões e doutrinas que preciso para a evolução da alma. Ali coloco meu coração e recebo as energias para ser feliz. Como Wicca, meu ritual é feito ao ar livre e tenho o Céu (Cosmos) como cobertura e ali referencio a grande Mãe que somada as energias masculinas do Deus Conífero, formam, a meu ver, o equilíbrio necessário entre as forças Yin e Yang"

Selo de Hécate

Selo de Hécate

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Litha --> Primeiro dia de Verão

Ficheiro:Wiccan five elements 1.PNG

Litha marca o primeiro dia do verão e se situa entre Erelitha e Afterlitha no calendário germânico antigo e um dos oito sabás neopagães. O termo é usado especialmente no calendário Asatru.

Ocorre no Hemisfério Sul em 21 de Dezembro e 21 de junho no hemisfério norte.

É o momento quem que o poder do Sol chega ao seu ápice e as flores, folhagens e gramados encontram-se lindos e abundantemente floridos e verdes. Muitos dos círculos de pedra, como o Stonehenge, e dos monumentos pré-célticos estão alinhados com o nascer do Sol

Após a união da Deusa e do Deus em Beltane, O Deus está adulto, um homem formado, e tornou pai - dos grãos. Em sua plenitude, ele traz o calor do verão e a promessa total de fertilização com o sucesso do enlace feita com a Deusa. Sendo o auge do Deus, também prenuncia o seu declínio, nesse momento o Deus, após cumprir a sua função de fertilizador, dá seu último beijo em sua amada e caminha ao país do Verão (Outro Mundo), utilizando o Barco da Morte para morrer em Samhain. Em algumas tradições festeja-se a despedida do reinado do Deus do Carvalho (Senhor do Ano Crescente) e o início do reinado do Deus do Azevinho (Senhor do Ano Decrescente) que durará até Yule. Este é o único Sabá em que às vezes se fazem feitiços, pois acredita-se que seu poder mágico é muito grande.


Costumes de Litha

Há uma infinidade de lendas e ritos que envolvem a noite do Solstício de Verão: Um dos costumes mais populares na Europa e Norte da África é a colheita de ervas medicinais e mágicas nesse dia. Acredita-se que a plenitude da força do deus está impregnada nessas ervas e contém todo o poder sanador e mágico para a cura de doenças. O visco e o basílico, como outras muitas ervas, são colhidos ritualisticamente e usados para preservar a energia nos tempos frios em encantamentos e sortilégios.

Banhos purificadores e curas milagrosas são realizados nas noites mágicas em fontes, rios e cachoeiras. Acredita-se também que tudo aquilo que for sonhado, desejado ou pedido na noite de Litha se tornará realidade.

Os antigos Povos da Europa acreditam que, nessa noite, criaturas mágicas andam correndo pelos campos e florestas e poderiam facilmente ser vistos e contatados.

Nesse dia os amuletos do ano anterior são queimados e novos talismãs de proteção, poções para sonhos proféticos e filtros são feitos para aproveitar o grande momento de poder.

É costume dar continuidade a grande fogueira de Beltane, como também pula-la para se livrar dos infortúnios e da negatividade. Tradicionalmente essa fogueira é acesa com gravetos de abeto e carvalho, duas árvores consideradas mágicas pelos neopagães.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Datas que Acontecem os Sabbats


Samhaim- 1° de maio( hemisfério sul )
31 de outubro( hemisfério norte)

Yule- 21 de junho( hemisfério sul )
21 de dezembro( hemisfério norte )

Candlemas- 1° de agosto(hemisfério sul )
2 de fevereiro( hemisfério norte )

Ostara- 20 de setembro( hemisfério sul )
20 de março( hemisfério norte )

Beltane- 31 de outubro( hemisfério sul )
1° de maio( hemisfério norte )


Litha- 21 de dezembro( hemisfério sul )
21 de julho( hemisfério norte )

Lammas- 2 de fevereiro( hemisfério sul )
1° de agosto( hemisfério norte )

Mabon- 20 de março(hemisfério sul )
20 de setembro( hemisfério norte )

Outubro

Mês de Magia
31 de outubro
Halloween/Samhaim

Comemoramos o ano novo celta.
Neste dia as portas para o mundo mágico-sidh-estão abertas, libertando seres encantados.

O cristianismo lutou para acabar com esta festa pagã, que ficou conhecida como o dia das bruxas, uma festa à fantasia em que bruxos e seres encantados festejam sua liberdade, com guloseimas e brincadeiras.

Neste dia escreva seus pedidos para o próximo ano, em um caldeirão de ferro. À meia noite do dia 31, queime o papel, pedindo que se realize seus desejos,aos seres encantados.

Continuação "Os Sabbats"



Nos sabbats não há sacrifícios de animais,nem humanos,não há o que chamam de magia negra,nem rituais anti-católicos.


Os sabbats são simplesmente uma ocasião em que os bruxos celebram a natureza,dançam,cantam,dedicam-se com alimentos e reverenciam as deidades da religião antiga.


Em certas tradições a Deusa é adorada nos sabbats de primavera e verão, enquanto o Deus é adorado nos sabbats de outono e inverno.

A celebração de cada sabbat é uma experiência espiritual intensa e sublime que permite os wiccanos permanecerem em equilíbrio harmonioso com as forças da mãe natureza.

Continuação "Os Sabbats"

Estas celebrações são chamadas de sabbats e a cada estação comemora-se dois: logo no início da estação é comemorado um sabbat de boas vindas ao período e quando ela chega ao fim celebra-se um de despedida.

Os Sabbats recebem nomes e são subdivididos em quatro principais:

# CANDLEMAS
# BELTANE
# LAMMAS
# SAMHAIN

Além dos principais existem outros quatro que são secundários:

# EQUINÓCIO DA PRIMAVERA OU OSTARA
# SOLSTÍCIO DE VERÃO OU LITHA
# EQUINÓCIO DE OUTONO OU MABON
# SOLSTÍCIO DE INVERNO OU YULE

continua...

Os Sabbats


São oito datas importantes, onde todos os bruxos do mundo homenageiam as divindades da Wicca a Deusa Mãe e o Deus Cornífero.

São oito celebrações de acordo com as quatro estações, e estão associadas à evolução da vida do Deus Cornífero que nasce,envelhece e morre à cada ciclo. Estas cerimônias derivam dos antigos festivais que celebravam a mudança das estações do ano e o período de plantio e colheita das sementes, já que a wicca teve seu apogeu entre tribos européias em desenvolvimento agrícola.

Seu conceito e princípio básico é de que a força do tempo e espaço que comanda o Universo é cíclica.

Como a Deusa é eterna,essas celebrações tentam expressar de maneira simbólica o nascimento,a infância,a adolescência,a plenitude e a morte do Deus Cornífero,que sempre volta ao ventre da mãe para renascer no ano seguinte, jovem e vigoroso. Isto simboliza o próprio ciclo do sol, passando pelas estações do ano.

continua...

Deidades Pagãs


Os nomes dos Deuses variam de panteão para panteão,de acordo com a cultura de um povo ou nação.

Para os egípcios por exemplo: Isís seria a personificação da grande Mãe, da Deusa, enquanto que para os celtas, ela seria Ceridwen.
A bruxa é muito particular na sua crença.

Depende muito da afinidade, ela pode cultuar a tradição egípcia: Isís, Bastet, Hathor, Thot, Osíris; ou se identificar com a tradição greco-romana, isto é muito particular de cada bruxa.
A palavra pagão vem do latim "paganus", que quer dizer:
"aquele que vive no campo", ou "aquele que vive do campo".

Chamamos de povos pagãos, aqueles que na antiguidade tinham nos campos e plantações, seus sustentos.

A terra era sagrada! Toda cultura e religião giravam em torno da natureza: a época das colheitas, as estações, os solstícios,etc.

Muitos dos povos pagãos eram politeístas, atribuindo aos Deuses faces da natureza com que conviviam.

Assim havia o Deus sol, a Deusa lua, o Deus da caça, a Deusa da fertilidade...

Foram pagãos os povos: gregos, romanos, e celtas.
Os celtas como exemplo: antes de ser influenciados pelo cristianismo, sua cultura era matriarcal.

As cerimônias eram conduzidas por sacerdotisas, a medicina é praticada pelas curandeiras, as decisões tomadas pelas sonhadoras, e o Deus, não passa do consorte da Deusa, a grande Mãe.

Como religião, o paganismo busca o equilíbrio entre o masculino e feminino, tanto no exterior, como dentro de cada indivíduo.

Óleos e Essências




















Todos os óleos podem ser utilizados das seguintes formas:

- nos chacras: deve se ungir cada um dos 7 chacras para ativar os centros de energia do nosso corpo.

-nas têmporas, nuca, pulsos ou chacra do terceiro olho: quando queremos fechar nosso corpo físico e espiritual à entrada de energias negativas.

- nos batentes de portas e janelas: para proteger a casa.

-nos instrumentos: para carregá-los de poder.

Óleo para Coragem:

3 gotas de óleo de gengibre,
1 gota de óleo de pimenta-negra,
1 gota de óleo de cravo-da-índia ( para inspirar coragem, falar em público, tomar atitude)

########################################################

Óleo para Sucesso e negócios:
3 gotas de óleo de bergamota,
1 gota de basílico,
1 gota de óleo de patchuli,
1 pitada de canela em pó ( ungir as mãos, carteiras de trabalho, cartões de créditos)

########################################################

Óleo para Energia:

4 gotas de óleo de laranja,
2 gotas de óleo de lima,
1 gota de óleo de cardomono ( para ser usado quando se sentir esgotado, para trazer força e reserva de energia)

########################################################

Óleo para o Amor:

7 gotas de óleo de rosas,
5 gotas de óleo de ylang ylang,
1 gota de óleo de gengibre,
2 gotas de óleo de alecrim,
1 gota de óleo de canela ( para atrair a pessoa amada, unja o chacra cardíaco pedindo amor aos Deuses)

Boa Sorte e muita Luz!

Como Consagrar os Instrumentos Mágicos


Materiais: um copo de água, três incensos de cravo,um pires com sal, uma vela vermelha.
Acenda a vela e os incensos,feche os olhos imaginando um círculo de luz ao seu redor e diga:
"Que este círculo de luz esteja ao meu redor durante o decorrer deste rito de consagração. Eu invoco à Deusa Mãe e o Deus Pai para que se unam a mim e abençoem os instrumentos que serão consagrados e dedicados ao trabalho da arte neste momento. Eu invoco a magia dos quatro elementos da natureza para que tragam sua força e seu poder nestes instrumentos mágicos".
Toque o instrumento a ser consagrado no sal que se encontra no pires e diga:
-"Pelo poder da terra eu o consagro, abençôo e purifico. Que sua memória passada seja anulada, para que você seja dedicado aos trabalhos sagrados da Grande Mãe. Que assim seja, que assim se faça!"
Passe o instrumento na fumaça do incenso e diga:
-"Pelo poder do ar eu o consagro, abençôo e purifico. Que sua memória passada seja anulada. Eu o dedico à Grande Deusa do círculo do renascimento e ao Deus fertilizador.Que assim seja e que assim se faça!"
Passe o instrumento na chama da vela e diga:
-"Pelo poder do elemento fogo eu o consagro, abençôo e purifico. Que sua memória passada seja anulada,pois a partir de agora você é um instrumento de força e poder da senhora e do senhor.Que assim seja e que assim se faça!"
Respingue um pouco de água no instrumento e diga:
-"Pelo poder do elemento água eu o consagro, abençôo e purifico. Que sua memória passada seja anulada pois agora você é um instrumento dedicado à arte da Deusa e carrega o poder e a magia.Que assim seja e que assim se faça!"
Eleve agora o instrumento dizendo:
-"Pelos poderes do alto e dos céus resplandescentes de luz eu o consagro à serviço da grande Mãe!"
Toque o instrumento no chão e diga:
-"Pelos poderes de baixo e do submundo eu o consagro e dedico à arte antiga."
Sopre no seu instrumento dizendo:
-"Pelo meu próprio poder eu o consagro e lhe dou vida com este sopro para que você responda só para mim, me ajude e me proteja. Que assim seja e que assim se faça!"
*Guarde com carinho e respeito seus instrumentos mágicos.

Roupa de Bruxa

Esta é uma parte opcional para os bruxos.
Em algumas tradições os bruxos praticam seus rituais
"vestidos de céu", ou seja, nus.
A justificativa para este ato, é a crença de que a roupa
impede que a energia criada pelo nosso corpo circule
corretamente, e todos nus, se igualam à Deusa.
Outras tradições, fazem o uso de túnicas, mantos e jóias.
O uso ou não de roupa, é uma escolha absolutamente pessoal,
e cada um deve agir conforme melhor se sentir.

Bolline

É uma faca de cabo branco. É utilizada na colheita de
ervas, na construção de talismãs e amuletos mágicos.
É um instrumento opcional, pois muitos bruxos usam
o athame.

Bastão

O bastão representa o fogo,e é posicionado no ponto cardeal
sul,e com ele traçar símbolos no solo e no ar,e consagrar alimentos
que são ingeridos ao final de cada ritual.
Você pode fazer seu bastão,as melhores madeiras são:
macieira, carvalho, goiabeira, figueira ou salgueiro.
Sua utilização é semelhante ao athame.

Vassoura

É usada em ritos de purificação de lugares carregados, serve
para limpar o local onde será realizado o ritual. Chama-se fazer
"varredura".
Na época da Inquisição a vassoura foi utilizada para esconder o
bastão mágico, cuja ponta fica sob suas cerdas.
É um símbolo feminino de poder.
Devem ser feitas pelo seu próprio dono de uma forma bastante
simples: um cabo de madeira, vários galhos secos e um barbante
para amarrar os galhos. Os mais usados são: manjericão (árvore
símbolo da Deusa), bétula (representa o nascimento), teixo (árvore
da morte e da reencarnação), artemísia (afasta negatividade,é uma
erva sagrada da Deusa), sabugueiro (relacionado à lua), ou salgueiro
(relacionado à lua e à Deusa).

Caldeirão


É a quinta essência sagrada, o símbolo do ventre da Deusa.
Com ele nos tornamos semelhantes à Deusa, pois nos tornamos
capazes de tudo transformar, moldar e mudar.
É nele que fazemos os feitiços, queimamos pedidos, sortilégios,
e fazemos unguentos para a cura.
Os caldeirões variam de tamanho e podem ser usados desde os
pequenos para o altar até os grandes para o chão.
É usado colheres de pau, para trabalhar com caldeirão.
Este termo provém do inglês: "book of shadows", e é um arsenal importante para todo bruxo.
Serve para guardar todas as artes que o bruxo desenvolve,todos encantamentos aprendidos, as invocações,e
todas as informações com relação à bruxaria.
Diário do mago, onde se registra os sonhos e os possíveis significados.
Livro para guardar como um histórico de iniciação.

Athame

Representa o ar, e é utilizado para traçar o círculo, direcionar energias, invocar, consagrar.
É um punhal com dois gumes. Ele fica no ponto leste do altar.
Representa a alma do bruxo.
O athame não é usado para nenhum corte físico.
As correntes tradicionais wiccas concordam que
instrumentos mágicos só devem ser utilizados com propósitos ritualísticos.

Cálice

Representa o elemento água e fica no ponto oeste do altar. Geralmente são usados dois cálices: água e vinho.
Aquilo que é invocado pelo athame está contido no cálice
ele é o receptáculo dos nossos desejos, ele potencializa a
realização.
É um instrumento que representa o útero da Deusa,cheio de vida!
O cálice junto com o athame, são instrumentos usados para simbolizar o "Grande Rito"- a união do princípio feminino (Deusa), com o princípio masculino (Deus), de
onde surge a vida.

Representa o elemento da terra, por isso é colocado no ponto
norte do altar. É com ele que carregamos magicamente um amuleto
ervas, talismãs, um cristal, e qualquer objeto utilizado no ritual.

A Arte


Arte é a palavra geralmente usada para designar Wicca.
A Arte, não é para todos.

Ela não é para aquelas pessoas que gostam de brigar ou de se bater contra o cristianismo. Ela não é para aqueles que costumam passar a perna nos outros para alcançar o sucesso.

Ela não é para os fanáticos nem para os fanfarrões ou que se acham melhores do que os outros. Ela tampouco é um jogo.

(...) Mas se a Arte não é nada disso, o que realmente ela é? A Arte é receptiva, generosa e adorável. Ela é gentil, fácil e prestativa. Ela é uma forma ética de vida que, uma vez adotada, traz uma felicidade imensa a cada dia vivido. A Arte é uma religião séria! Envolve trabalho, devoção e aplicação na vida cotidiana, da mesma forma que exige ação, reflexão e comportamento sensato.

Os praticantes da Arte se autodenominam como bruxos. Na língua inglesa, a palavra" witch" vem de" wicce" , termo anglo-saxônico que significa "aquele que é sábio" ou "bruxaria". E a palavra Wicca, também derivada destes mesmo termo. Sendo assim, tanto homens como mulheres, se identifiquem como wiccanianos.


Trilhando o Caminho:
Para que o caminho da Arte seja trilhado com êxito, é preciso saber que ele envolve uma série de coisas. Em primeiro lugar: boas maneiras. Isso é fundamental, quer você lide com as Divindades e os membros de sua família na Arte ou com as pessoas na rua.

Preceitos:
* Ter a lei Wiccaniana em aliança, em perfeito amor e perfeita confiança.
* Viver e deixar viver; e com justiça dar e receber.
* Três vezes o círculo traçar para os maus espíritos expulsar.
* Para o feitiço ficar atado, é preciso que ele seja rimado.
* Com doçura olhar e com carinho tocar; e falar pouco e muito escutar.
* Com a lua crescente seguir em frente, cantando e dançando a runa da bruxa feliz e contente.
* O sentido anti-horário vem com a lua minguante, e o uivo do lobisomem ecoa apavorante.
* Se a lua no céu está nova, beije sua mão duas vezes em louvor à dama que a tudo renova.
* Quando ao apogeu a lua chegar, é hora do seu desejo falar.
* Quando a tempestade do vento norte chegar, é hora de trancar a porta e o barco abandonar.
* Quando do sul vem o vento, o amor desabrocha a cada momento.
* Quando o vento oeste põe as árvores a balançar, os espíritos dos mortos não estão a descansar.
* Nove galhos no caldeirão: queime-os depressa e também com lentidão.
* Muita antiguidade a senhora árvore pode ter - não a queime para amaldiçoado não ser!
* Quando a rodar começar a girar, deixe o fogo de Beltane queimar.
*Quando a roda em Yule chegar, acenda a cabana e deixe Pã reinar.
* Cuide da flor, do ramo e da árvore com muito cuidado, pois pela senhora será abençoado!
* Onde um fluxo de água você vê, atire uma pedra para a verdade saber.
* Por maior que seja seu querer, não inveje o que o outro vem a ter.
* Toda festa é um feliz encontro, ilumine a alma e põe o coração no ponto.
* Da Lei Tríplice não se deve esquecer, pois de duas ocasiões ruins, três boas você vai ter.
* Quando o infortúnio chegar, coloque a Estrela Azul no seu olhar.
* Com o tolo nenhuma estação quer estar, e nem com os amigos ele pode contar.
* O verdadeiro amor sempre perdura, mas o falso nunca dura.
* O desígnio Wiccaniano uma boa verdade tem: deseje o que quiser, mas sem magoar ninguém!

fonte: A Arte - O livro das Sombras de uma Bruxa.
Dorothy Morrison

* Repúdio por qualquer forma de preconceito.

*Igualdade entre homens e mulheres.

* Servidão à Terra.

* Respeito e estima por todas as outras religiões.

*Respeito a todos os seres vivos na terra.

*Observação da mudança das estações do ano com 8 sabbats solares
e entre 12 e 13 Esbats lunares (21 ritos ao ano).

* Rituais sempre no interior de um círculo mágico, pois é um espaço sagrado usado
para adoração.

* Importância dos 3 "R" : REUTILIZAR, RECICLAR E REDUZIR.

Tradição Wicca

A Wicca é uma religião que não compromete seus filhos
com sua fé particular,cada um é livre para seguir sua
crença. É uma forma de vida que acredita que todas as
coisas estão interligadas e conectadas entre si. Portanto
o equilíbrio é necessário. A Deusa é o mundo, a Terra e
tudo mais que existe:
A terra é o corpo Dela, O ar, seu sopro, O fogo, o seu espírito, E a água, o seu útero vivo.

Ela está dentro de nós e fora, e se manifesta de várias formas, no crescer de
uma árvore,no nascimento de uma criança,na realização de um projeto...
A grande crença wicca está fundamentada na volta da ligação com a natureza,
este o caminho para harmonia e equilíbrio. Nos tempos primitivos, os rituais
eram celebrados no meio da floresta,nas grutas,onde está concentrado a força
das divindades. Respeitar o corpo da Deusa, ou seja, a Terra,é um dos princípios
vitais da religião, assim como respeitar o reino animal, mineral e vegetal.
"Faça o que quiser,desde que não faça mal a nada, nem a ninguém"!

Falsas Crenças sobre as Bruxas

* Bruxos não cometem crimes em nome de sua
religião.

*Bruxos não fazem pacto com o diabo.

*Bruxos não praticam magia negra.

*Bruxos não obrigam ninguém a fazer algo
que contrarie suas crenças.

*Bruxos não odeiam cristãos, Jesus ou a Bíblia,
apenas não são cristãos.

*Bruxos não sacrificam animais ou humanos.

*Bruxos em seus rituais, não usam drogas, nem fazem
orgias.

A Lei Tríplice


"Tudo aquilo que é feito para o bem ou para
o mal,retorna triplicado para nossa vida e nesta reencarnação"!

Esta é uma lei básica e forte,
da religião Wicca.

Filosofia Wicca
Os princípios da filosofia Wicca são fundamentados em três
conceitos básicos:

1) Acredita-se em uma Deusa que tem papel muito importante nas
práticas e mitos em vez de um Deus masculino. Para os wiccas existe
um Deus Cornífero,que é filho da Deusa.

2) Wiccas se utilizam de magia natural como meio de atingir seus objetivos
e mudar os fatos.

3) Wiccanos acreditam na reencarnação vista como forma de evolução e
também como desejo de retornar ao mesmo local e tempo de pessoas amadas
e queridas.