Quem sou eu

Minha foto

"Sou uma Bruxa (palavra com muitos significados na linguagem comum) porque uso as energias da natureza e celebro seus ciclos. Meu convívio com estas forças é forte e harmonioso visto que busco nelas as energias para me nutrir e auxiliar a quem necessitar. Minha grande Catedral é o Cosmos e ali estão todas as crenças, religiões e doutrinas que preciso para a evolução da alma. Ali coloco meu coração e recebo as energias para ser feliz. Como Wicca, meu ritual é feito ao ar livre e tenho o Céu (Cosmos) como cobertura e ali referencio a grande Mãe que somada as energias masculinas do Deus Conífero, formam, a meu ver, o equilíbrio necessário entre as forças Yin e Yang"

Selo de Hécate

Selo de Hécate

sábado, 2 de março de 2013

Terapia de Sonhos

Auto conhecimento, desenvolvimento de dons, atividade onírica consciente, cura, contatos com seres deste e de outros mundos. Trabalho espiritual em sonhos.

Sonhos: ponte entre mundos

Alguma vez em nossas vidas já nos perguntamos: Por que dormimos, por que sonhamos? Se pensarmos em termos de produtividade, de tempo linear e racionalmente, a resposta poderia ser que o cérebro aproveita o tempo livre de um descanso para recuperação das forças vitais, num entretenimento, sem nexo, por capricho, de inventar "estórinhas".
Para mim é muito mais.

Porta para viagens entre mundos, o sono sempre intrigou o homem e, a atividade onírica mais ainda. O tempo do sono e dos sonhos. Não é um tempo perdido, um tempo inútil , o gregos o chamariam de Kairós, o tempo que se mede pela qualidade do que é nele vivido, não se desperdiça vida dormindo, pelo contrário , mesmo quando não recordamos o que ocorreu no tempo do sono ainda assim é útil.

O sono e os sonhos não apenas restauram o equilíbrio físico, mas também espiritual , ou seja, o corpo descansa e o espírito se recarrega. Numa época em que os valores espirituais tinham maior relevância , a dedicação ao universo onírico era maior, ao ponte de ser considerado mais importante que o tempo acordado, sendo que muitas religiões desenvolveram sistemas de se lidar com sonhos, de se ter plena lembrança, ter lucidez e atuar magicamente.

Dentro da bruxaria considera-se que a magia não ocorre sem que haja coerência entre os aspecto conscientes e inconscientes , se um lado diz sim e outro diz não. Esta coerência é avaliada de muitas formas, sonhos, atitudes, atos falhos etc.

Trabalhando há 25 anos com sonhos, inicialmente dentro de minha própria jornada interior , depois, partilhando com clientes e alunos e aprendendo ainda mais com eles até então, considero que não seja possível desenvolvimento espiritual sem sonhos, ou melhor sem atividade onírica.

Por atividade onírica incluo não apenas os sonhos comuns onde imagens simbólicas estabelecem um diálogo entre aspectos consciente e inconscientes da personalidade visando seu crescimento), mas também projeções (quer dormindo quer em estados alterados de consciência) , onde é possível um deslocamento no tempo, no espaço e entre dimensões, sonhos iniciáticos, de cura e a atividade onírica subliminar semi consciente.

Esta atividade propicia um conhecimento maior de nós mesmos , um posicionamento melhor diante da vida, auxílio do plano espiritual, contato com nosso grupo de alma, anunciando eventos e pessoas de grande relevância em nossas vidas, além de ser campo de ação da magia.

Pode até parecer exagero, mas é premissa da magia que tudo ocorre primeiro no espírito depois na matéria.

E quem esquece dos sonhos?
É importante ressaltar que é importante lembrar, mas quem esquece não deixou de ter atividade onírica de modo de , em algum nível a experiência preencheu sua necessidade, talvez o motivo de esquecer seja não se dar suficiente atenção, até hoje nunca aconteceu de alguém continuar não sonhando , ou não lembrando após ter começado o trabalho com sonhos.

E o que tem, a bruxaria com sonhos?
Bruxos são treinados para atuar lucidamente em sonhos, interagir com o plano espiritual , realizar curas e buscar conhecimentos e, o que diferencia o sonho do de pessoas não treinadas é que no sonho ele é senhor da situação, tem controle sobre sua atividade onírica e, por ser capaz de transportar a consciência de uma dimensão a outra pode atuar melhor lá que no nosso mundo.

E é preciso ser bruxo para realizar estas coisas?
Sim e não, a bruxaria lida com este assunto, outras religiões também, as xamânicas por exemplo, mas é um estágio que exige muito treinamento e algum dom.

O sonho responde? Suas mensagens são confiáveis?
O sonho estabelece um diálogo de aspectos conscientes e inconscientes, pode responder, mas na maioria das vezes lança problemas a serem solucionados por nós . Quanto a “mentir” deve-se considerar que nem todo sonho tem conteúdo espiritual , ou traz mensagens, existem sonhos que refletem anseios, temores, compensatórios e, a menos que se saiba reconhecer não se pode tomá-los como verdade absoluta.

Isto levanta uma outra questão, nossa cultura não habilita o homem comum a se guiar por seus sonhos, existe pouco conhecimento em símbolos, desconhece-se como reconhecer cada atividade onírica e como reagir a estas. A psicologia teve mérito de resgatar parte deste conhecimento, mas sua abordagem ficou um tanto racional demais ,visando um respaldo científico deixando escapar alguns aspecto essenciais. A atividade de sacerdotisa oniromante existe desde a Assíria e sua função não era apenas traduzir os símbolos como mensagens dos Deuses, mas de atuar conjuntamente no mundo onírico com o consultante ,mesmo porque no mundo espiritual nem tudo são flores e uma intervenção habilitada para defesa, proteção e cura se fazia necessária.

Quais seriam as experiências mais freqüentes de quem procura a oniroterapia?
Em primeiro lugar um encontro consigo mesmo , unir as partes de si que se separaram e se direcionar. Num segundo momento a procura de nossos pares, grupos de alma, alma gêmeas e, num terceiro momento, se houver Dom , um chamado e a vontade , seguir a senda mágica e atuar desta forma no mundo onírico.

É possível encontrar alma gêmea com sonhos?
Todos os encontros relevantes são anunciados em sonhos, o trabalho neste plano ajuda a encontrar nosso lugar no mundo e as pessoas que façam parte deste lugar. E eu já fiz isto por muita gente.



Qual a recomendação para quem queira começar?
O trabalho precisa ser sistematizado, não existe progresso num trabalho esporádico e descompromissado, também não se deve subestimar sonhos banais, o valor de um sonho se revela muitas vezes no tempo, assim também sugiro que se releia de tempos em tempos, que se faça um esforço para recordar e registrar tudo o que foi sonhado mais do que para entender, o entendimento pode vir com o tempo e, se o interesse for maior que procure quem entenda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blessed Be!