Quem sou eu

Minha foto

"Sou uma Bruxa (palavra com muitos significados na linguagem comum) porque uso as energias da natureza e celebro seus ciclos. Meu convívio com estas forças é forte e harmonioso visto que busco nelas as energias para me nutrir e auxiliar a quem necessitar. Minha grande Catedral é o Cosmos e ali estão todas as crenças, religiões e doutrinas que preciso para a evolução da alma. Ali coloco meu coração e recebo as energias para ser feliz. Como Wicca, meu ritual é feito ao ar livre e tenho o Céu (Cosmos) como cobertura e ali referencio a grande Mãe que somada as energias masculinas do Deus Conífero, formam, a meu ver, o equilíbrio necessário entre as forças Yin e Yang"

Selo de Hécate

Selo de Hécate

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Sejam bem vindas todas as bruxas alcoviteiras que providenciaram este encontro tão inusitado...

E que sejam ouvidas todas suas profecias, pois brindarei com sussurros e vozes entrecortadas ao despertar da noite, gemidos e gestos que somente os amantes decifram... regado a champanhe, frutas e muita sensualidade.

Quisera tornar-me mais íntima desse doce estranho... conhecer seus segredos, contar os meus... abrir as portas do meu mundo e mostrar as reentrâncias tão secretas jamais exploradas... iluminar meu quarto à luz de velas perfumadas, e enfeitar com flores... despi-lo de suas vestes e trazer à tona o seu instinto dominador que me fascina... E entregar-me totalmente tua, toda nua, liberta das amarras da idiossincrasia da sociedade, porém, com as mãos e corpo atados aos seus caprichos...

Apropriar-me de sua atenção e fazer-me mais mulher... e no mesmo segundo, tornar-me sua escrava faceira, despida de pudores e me deixaria levar por esse ritual de prazer e amor. Um instante necessário, um olhar, que denunciaria as intenções de nossos desejos mais ocultos.

Aflorará uma mulher dormente cá dentro... com a pele em fogo ao toque, a carne ansiosa no aguardo de suas investidas, os sentidos aguçados em busca de saciá-lo, o sexo implorando por ser explorado e degustado... dando tudo de mim, recebendo o que quiser me dar...

E quem sabe EU seja a bruxa travestida de princesa... e por trás de meu olhar tímido, reina aquela que quer te seduzir...

Por trás dos gestos sutis, contemple a cortesã despudorada...

Por trás do vocabulário requintado, ergue-se a meretriz profana...

Mas para você, sou aquela que se entregará em suas mãos... para que me torne sua... pequena, amada, querida, ninfa, mulher, escrava....

Para que delineie as curvas, torne rubra a pele e amacie a carne...

Para que enleve sua alma com carícias plenas, e seja sugado todo seu mel...

Para que me penetre em cada fenda, e sinta a língua percorrendo sua pele, seu sexo...

Para que sinta o doce pompoar como se o engolisse todo para dentro de mim... e os sucos, que vão banhar seu corpo...

Para que eu consiga despertar o Senhor voraz que existe dentro de ti, e venha devorar esta mulher que se entrega plenamente...

Flávia Sexas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blessed Be!