Quem sou eu

Minha foto

"Sou uma Bruxa (palavra com muitos significados na linguagem comum) porque uso as energias da natureza e celebro seus ciclos. Meu convívio com estas forças é forte e harmonioso visto que busco nelas as energias para me nutrir e auxiliar a quem necessitar. Minha grande Catedral é o Cosmos e ali estão todas as crenças, religiões e doutrinas que preciso para a evolução da alma. Ali coloco meu coração e recebo as energias para ser feliz. Como Wicca, meu ritual é feito ao ar livre e tenho o Céu (Cosmos) como cobertura e ali referencio a grande Mãe que somada as energias masculinas do Deus Conífero, formam, a meu ver, o equilíbrio necessário entre as forças Yin e Yang"

Selo de Hécate

Selo de Hécate

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

A Escada da Bruxa


Escada da Bruxa

Precisaremos de um cordão preto grosso de dois metros e meio mais ou menos, pois a quantidade que você vai usar depende de sua altura.
Para começar a sua “escada” pegue o cordão e faça um nó na ponta, esse será o seu 1º nó; encoste-o no centro acima de sua cabeça, e estique o cordão até o dedo grande do seu pé direito, fazendo ali o 2 nó.
Corte então o cordão depois desse nó, separando-o desta forma do resto do cordão, ficando com um cordão do seu tamanho.
Agora coloque o 1º nó na sua garganta e faça uma volta ao redor do seu pescoço com o cordão; no ponto onde esse nó se une com o cordão faça o 3º nó.
A seguir coloque novamente o 1º nó no meio do ombro esquerdo e estique o cordão até o meio do ombro direito, fazendo ali o 4º nó.
Pegue outra vez o 1º nó e coloque-o encima do umbigo, fazendo uma volta ao redor da cintura, onde juntar o fio e o nó faça o 5º nó.
Seguimos pegando o 2º nó, que está na outra ponta do cordão e o colocamos sobre coxa esquerda muito próximo da virilha e fazemos uma volta em torno da coxa; onde o cordão se junta com este nó fazemos o 6º nó.
Para terminar colocamos o 2º nó sobre nosso tornozelo direito e fazemos uma volta ao redor dele; onde o cordão se junta com este nó faça o 7º nó.
Desta forma termos um cordão com sete nós, ou seja a “nossa Escada da Bruxa”!

Como Imantar a nossa Escada da Bruxa

Esperaremos uma noite em que a Lua estiver na sua fase Cheia, e faremos um laço com o cordão, atando-o assim na cintura; permaneceremos com o cordão assim durante sete dias, somente tirando-a para tomar banho, fazer amor, praticar esportes, etc.
Depois dos sete dias tiraremos definitivamente Escada da Bruxa de nossa cintura e a guardaremos em uma pequena caixa de madeira preferentemente.

Consagração da Escada da Bruxa
Na próxima fase da Lua Cheia, pegaremos a Escada da Bruxa e a colocamos em nosso cálice do Altar; acenderemos duas velas pretas ao lado do cálice o olharemos firmemente para a Escada da Bruxa dentro dela, imaginando que ela é um cordão umbilical que nos liga ao Mundo Espiritual e aos Espíritos Guardiões da nossa Tradição.
Nesse momento “veremos” com nossa 3º visão ou Terceiro Olho uma luz violeta envolvendo a nossa Escada da Bruxa.
Manteremos esta imagem por alguns momentos em nossa mente pegando a seguir a Escada e nos deitamos no chão, colocando-a encima de nosso ventre, imitando o cordão umbilical após o nascimento.
Depois disto imaginaremos estar “voando” até o Grande Sabath no coração do bosque, lugar onde os Iniciados/as se encontram.
Deixe-se levar pela experiencia sem pressa, viva intensamente as imagens e sensações que lhe ocorrerem.
Quando sentir que a experiencia terminou, abra os olhos, agradeça aos Espíritos, e aos bons Gênios do Invisível, levante-se e guarde a sua Escada de Bruxa.
Este cordão é chamado de Escada porque ela eleva e nos leva ao Grande Sabath; considere este objeto mágico como algo muito poderoso, e nunca a entregue a ninguém, pois ele contêm as suas medidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blessed Be!